segunda-feira, 24 de outubro de 2011

SONHOS DE CRIANÇA RIBATEJANA

FOTO PAULO OLIVEIRA

SONHOS DE CRIANÇA NA CHARNECA RIBATEJANA

E sonhando o que iria ser na vida
Nesse sonho, que nunca me abandonou
Numa aldeia não via muita saída
Passou tempo, o sonho se concretizou

Estudei, brinquei, a muitas árvores trepei
Fiz de tudo, as coisas próprias da idade
C omi figos nas figueiras, e cerejas apanhei
Das maldades que fiz, hoje não tenho vaidade

Minha escola era longe, chegava-mos lá a pé
Depois de comer em casa, as sopinhas de café
Com alegria de pássaros, e livres no caminhar

Fui cumpridora de regra, e até bem comportada
Mas levei com um chinelo, devido á tabuada
E não gostei da professora… no modo de ensinar.

Lídia Frade

2 comentários: