segunda-feira, 5 de dezembro de 2011

PELOS CAMINHOS DO RIBATEJO!!!

FONTE DE ALMODELIM
NA PASSAGEM DE ALMOSTER PARA SANTARÉM, QUEM NÃO PAROU AQUI PARA MATAR A SEDE!?~
OU....QUEM NÃO TEVE JÁ VONTADE DE O FAZER???

TÃO BELAS E JÁ PERDIDAS

Das lendas de tal encanto
Na história da Freguesia
Perdidas no tempo, entretanto
Revivê-las muito queria.

Bem frescas e tão formosas
Suas águas deram vida
No azeite e pão, orgulhosa
Hoje uma indústria perdida.

Foram fontes pitorescas
Que o progresso destruiu
Foi Castro, aguarela fresca
Pureza a brotar em rio.

Nas águas da Fonte Santa
Se trataram feridas um dia.
Pelas mesmas pedras cantam
A nascente, de Santa Maria.

Tem a lenda, da Fonte da Moura
Na da Serrada, contam virtude,
Oferecendo, a quem lá passa
Sua fescura, e mais saúde.

A de Almodolim, de certeza
Matando a sede a quem passa
Das entranhas da mina, a pureza
Velhinha… mas cheia de graça. 


DESTA BICA MUITAS PESSOAS JÁ RECOLHERAM ÁGUA TAL COMO EU!!!?


A autora Lídia Frade dedicado às Fontes da Freguesia de Almoster publicado do livro
UMA PEDRA NO CHARCO REFÚGIO


5 comentários:

  1. Uma bela homenagem às fontes que tendem a desaparecer e que eram tão lindas ...
    Gostei muito.
    Um beijinho
    Lourdes Henriques

    ResponderEliminar
  2. BOA MANUEL!!!

    SABE FIQUEI FELIZ POR SABER QUE JÁ BEBEU ÁGUA DA MINHA FONTE!!!

    SABE... EU NASCI CEM METROS MAIS A BAIXO!!! FUI ALI CRIADA ATÉ AOS TREZE ANOS,O MEU PAI TINHA A TABERNA QUE ESTÁ JUNTO DA FONTE ABERTA ATÉ ESSA DATA!!!

    1 BEIJO LÍDIA

    ResponderEliminar
  3. É ISSO LOURDES!!!

    JÁ ESCREVI ISTO UNS QUINZE ANOS ATRÁS!!!
    CONJUNTO COM UM TRABALHO QUE FIZ DE RECOLHAS E INÉDITOS LOCAIS E DA MINHA FREGUESIA!!!

    1 BEIJINHO LÍDIA

    ResponderEliminar
  4. Gosto muito da pureza dos seus versos, é linda. Parabéns pelo bom gosto e pelo mérito. beijos

    ResponderEliminar